Fotos da semana e suas histórias #1 – Rede na serra e último grampo

Para quem ainda não conhece a sistemática das nossas postagens, explicaremos…
Todas as fotos produzidas são publicadas sempre às terça e quintas, tanto no Instagram, quanto no Facebook. Às sextas, a partir de hoje, contaremos aqui no site as histórias que acompanham cada uma, assim esperamos matar a curiosidade de muita gente, que pergunta sobre certos detalhes.

20160523-065256Nesta semana postamos fotos de momentos bem distintos, a primeira foi feita em Salinas, serra do Rio de Janeiro, paraíso das grandes escaladas no estado.

Ficamos hospedados na República Três Picos, de onde temos uma vista maravilhosa dos Três Picos que emprestam o nome ao abrigo e ao parque estadual.

A foto começou a ser produzida no final da tarde de um sábado, quando armamos as redes e aguardamos a melhor luz. Fizemos alguns cliques e deixamos tudo armado para o dia seguinte, com o objetivo de captar os primeiros raios do amanhecer, que não decepcionaram. Optamos por postar essa última, mas também gostamos muito de uma do final da tarde, com a silhueta das montanhas, que postaremos em breve.

A parte mais complicada foi trabalhar com o vento. Como não havia luz suficiente, o tempo de exposição da foto ficou bem longo, 5 segundos, que exige um tema estático para não borrar a imagem.

Foram muuuuitas tentativas, aguardando uma janela sem vento para que as rede permanecessem imóveis. O resultado compensou! 😉

 

20160418-183347A história da segunda foto é quase uma novela! 😀

Como contamos na legenda, já é tradicional nos encontramos depois das nossas saídas para comer, beber algumas coisa e jogar conversa fora. Queríamos representar isso em uma foto, mas isso não foi tão simples…

Nas primeiras duas tentativas, tentamos aproveitar justamente o final das atividades para também fazer a foto, mas vimos que não era uma boa estratégia 😀 À medida que as conversam fluíam, o bucho ia ficando cheio e a alegria tomava conta do grupo, percebíamos que não era o melhor momento para concentrar a atenção na produção do clique.

Depois dessas experiências, resolvemos ir à Urca especificamente para fazer essa foto, sem distrações ou desculpas. Aproveitamos a ida para fazer mais uma, do reflorestamento, já postada, e depois dessa, finalmente, conseguimos resolver a pendência do “último grampo”.

A parte complicada dessa foi manter os Playmobil, mesa e garrafas de pé, tanto pela irregularidade da mureta, quanto, mais uma vez e sempre, pelo vento. A solução foi usar uma massa adesiva, que ficou discreta e resolveu o problema.

 

Semana que vem tem mais! 😉

 

No Comments

Post a Comment