Fotos da semana e suas histórias #10 – Dias dos pais e nascer do sol em Salinas

Na semana passada antecipamos um pouco nossa primeira postagem, que tradicionalmente acontece na terça-feira, para segunda, e ainda aproveitar o clima de dia dos pais, comemorado no domingo.

A foto foi feita no Parque Estadual da Pedra Branca, situado na Zona Oeste do Rio de Janeiro, uma área gigantesca, mas ainda pouco conhecida pelo moradores da cidade.

Aproveitamos uma caminhada para o cume da Pedra do Quilombo. Depois de alguns minutos, encontramos a locação perfeita para a imagem, que tinha a intenção de mostrar pai e filho em uma trilha.

Por ser uma pequena subida, tivemos que nivelar o terreno para que a dupla não tombasse pra trás. Outro cuidado foi retirar da cena os elementos que não estavam na proporção, como grande folhas e galhos.

Feito isso, apoiamos a câmera em uma camisa no chão, para que não tremesse, já que o tempo de exposição ficou grande, 1 segundo. Isso aconteceu por três motivos, a abertura pequena do diafragma, o uso do filtro polarizador, que retira alguns pontos de luz, e o próprio lugar, que era bastante sombreado.

semana10b

A foto de quinta-feira já havia sido citada no primeiro texto postado aqui sobre as histórias das nossas imagens.

Como contamos lá, montamos a cena em um final de tarde e aguardamos o pôr do sol para destacar a silhueta dos Três Picos e Capacete, além de dá um clima de acampamento, com uma iluminação fornecida por um painel de led. As redes foram presas aos galhos de um arbusto com linha de costura.

Nossa paciência foi exigida quando o vento insistia em não dar trégua, balançando o arbusto, redes e bonecos, o que inviabilizava a foto. Foi preciso aguardar janelas de calmaria para fazer o clique, que também teve um tempo de exposição longo, 8 segundos. Depois de diversas tentativas conseguimos a imagem que tínhamos em mente.

Se ainda não viu, clique aqui para ver a foto do amanhecer na mesma locação 😉

semana10a Amanhã vamos começar uma série de bastidores em nossa página do Facebook e Instagram, para matar a curiosidade de muita gente. Até lá 😉

 

No Comments

Post a Comment